Centro de Convívio


  Caracterização
  Na resposta social Centro de Convívio, a Associação de Amparo Familiar promove a realização de atividades sociais, recreativas e culturais, organizadas e dinamizadas com a participação ativa dos seus Utentes.

  Destinatários
  São destinatários do Centro de Convívio as pessoas que necessitem dos cuidados e serviços identificados abaixo.

  Objectivos
  Dos objetivos fundamentais desta valência destacam-se os seguintes:
  - Fomentar a permanência do Utente no seu meio natural de vida;
  - Proporcionar serviços adequados às necessidades biopsicossociais dos Utentes;
  - Assegurar um atendimento individual e personalizado em função das necessidades específicas de cada pessoa;
  - Contribuir para a estimulação de um processo de envelhecimento ativo;
  - Promover o aproveitamento de oportunidades para a saúde, participação e segurança e no acesso à continuidade de aprendizagem ao longo da vida e o contacto com novas tecnologias úteis;
  - Prevenir e despistar qualquer inadaptação, deficiência ou situação de risco, assegurando o encaminhamento mais adequado;
  - Promover os contactos sociais e potenciar a integração social;
  - Proporcionar um ambiente inclusivo que fomente relações interpessoais;
  - Dinamizar relações intergeracionais.

  Serviços Prestados
  Como forma de assegurar o cumprimento dos objetivos desta resposta social, a Associação de Amparo Familiar de Mira de Aire assegura junto dos seus Utentes os seguintes cuidados e serviços:
  - Atividades socioculturais, lúdico-recreativas, de motricidade e de estimulação cognitiva;
  - Nutrição e alimentação, nomeadamente o lanche;
  - Administração de fármacos quando prescritos;
  - Articulação com os serviços locais de saúde, quando necessário.

  O Centro de Convívio pode ainda assegurar outros serviços, nomeadamente:
  - Transporte;
  - Disponibilização de produtos de apoio à funcionalidade e à autonomia;
  - Disponibilização de informação facilitadora do acesso a serviços da comunidade adequados à satisfação de outras necessidades;
  - Outros em função das necessidades dos Utentes.

  A participação nas atividades fica condicionada à situação do Utente e à adequação da atividade às suas capacidades.